xx-Sobre Mim-

xx-Pesquisar Neste Blog-

 

xxJaneiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

xx-Posts Recentes-

xx Carta de um bébé abortado...

xx Como é que é possível?

xx Should i leave?

xx Porquê sofrer?

xx Alvaro de Campos - Às vez...

xx-Arquivos-

xx Janeiro 2007

xx Dezembro 2006

xx Novembro 2006

xx Outubro 2006

xx-Favoritos-

xx Aprender a crescer

blogs SAPO

xxsubscrever feeds

Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2007

Carta de um bébé abortado!

   "Olá mamã, tudo bem? Eu estou bem, graças a Deus. Fui concebido à alguns dias na tua barriguinha, mas não te posso explicar como me sinto feliz por saber que vais ser a minha mamã e por ver o amor com que tu e o papá me geraram.

   Tudo parece indicar que serei a criança mais feliz do mundo Mamã! Há um mês que vivo dentro da tua barriga e já começo a ver o meu pequenino corpinho a formar-se, quer dizer não estou tão bonito como tu, mas dá-me uma oportunidade e vais ver como serei um lindo bebé Estou tão feliz! Mas há alguma coisa que me está a preocupar...ainda não sei o que é, mas espero descobrir em breve.

  Mamã, ultimamente percebi que há algo se passa na tua cabeça que não me deixa dormir, mas tudo bem, não ficas desesperada, eu sei que isso vai passar. Mamã, já passaram dois meses e meio, estou super feliz com as minhas novas mãos e estou cheio de vontade de usá-las para brincar.

   Mamã, conta-me. O que se passa? Porque choras tanto todas as noites? Porque discutes com o papá sempre que se encontram? Porque gritam tanto? Já não me querem? Prometo que vou fazer o possível para que me queiram.

   Já passaram três meses mama, e sinto que estás sempre deprimida, não entendo o que te está a acontecer, estou muito confuso. Hoje de manhã fomos ao médico e ele marcou uma nova visita para amanhã. Mas eu sinto-me bem. Sentes-te mal mamã?

   Mamã já é dia, onde vamos? O que está a acontecer mamã? Porque choras tanto? não chores, não vai acontecer nada. Mamã não te deites, ainda são duas horas da tarde, não tenho sono, quero continuar a brincar com as minhas mãozinhas .

   O que faz este tubinho na minha casinha? É um brinquedo novo? Porque é que ele está a engolir a minha casinha? Mamã!

   Essa é a minha mãozinha...porque a arrancou? Não vê que me faz sofrer!  Ajuda-me mamã, defende-me, ainda sou muito pequenino, não me consigo defender sozinho.

   Estão a arrancar a minha perninha, manda-os parar mamã, eu prometo que me vou portar bem e que não te dou mais pontapés. Como é que me podem fazer isto? Ele vai ver quando eu for grande e forte...ai mamã já não consigo mais, ajuda-me mamã, ajuda-me...

   Mamã já passaram 17 anos desde aquele dia e eu daqui do céu consigo ver a tua dor por teres tomado aquela decisão. Mas, por favor não chores, lembra-te que te amo muito e que vou estar aqui à tua espera com muitos abraços e beijos.

   Com muito amor, do teu bebé "

 

O aborto é crime quer seja legal ou não é um assassinato . Tenhamos consciência de que estamos a colaborar com a despenalização de um crime ao dizer sim ao aborto. DIGAM NÃO AO ABORTO...nenhuma morte pode ser justificada pela inconsciência e irresponsabilidade dos pais...

  

X Sinto-me: Consciente
X Música: Elton John - Your Song
Sexta-feira, 12 de Janeiro de 2007

Como é que é possível?

   Ontem passei a tarde no Jardim Zoológico de Lisboa e como sempre saí de lá super feliz, devo confessar que me apaixono facilmente por qualquer animal. Durante o dia tive oportunidade de ver quase todos os animais e claro que não podia deixar de ver o espectáculo dos golfinho...é sempre fenomenal...

   Bom, passando realmente ao que interessa. Por coincidência hoje cedo tinha um mail na caixa de correio electrónica sobre as crueldades cometidas pelos japoneses contra os golfinhos, que me deixou seriamente revoltada, tamanha era a crueldade. Aqui está a mensagem:

   "Diariamente, eu e todos vós recebemos reencaminhamentos de e-mails. Uns com piada, outros nem tanta. Acabamos por passar alguns e apagar outros. O link que de seguida se apresenta contém, para mim, algumas das mais chocantes imagens que vi até hoje. São imagens de golfinhos, esses seres amorosos que os pais mostram aos filhos no jardim zoológico e sobre os quais já se fizerem várias séries televisivas e inclusive filmes. Se chorarem não faz mal. É sinal de que vão revoltar-se e vão reencaminhar para o máximo de pessoas possível. O Japão, auto-intitulado de paladino do desenvolvimento deveria baixar os olhos de vergonha e agir. E a comunidade internacional não será menos culpada ao permitir tal cobardia. Quanto a nós, o pior que podemos fazer é não fazer nada. Se colaborarmos na divulgação destas imagens, quem sabe, um dia, a voz colectiva dos que não aceitam este sofrimento seja ouvida.

MAS QUE BARBARIDADE!!!

Por favor passem mesmo este e mail para vergonha do povo japonês"

Com a mensagem vinha também o endereço que se segue, digo-vos desde já que é extremamente cruel, bárbaro, desumano entre muitos adjectivos que lhe atribui, todos destrutivos acreditem. Vejam por vocês próprios e divulguem a mensagem se ficarem minimamente sensibilizados com a situação.

http://www.glumbert.com/media/dolphin

X Sinto-me: Extremamente revoltada...
Sábado, 6 de Janeiro de 2007

Should i leave?

   I'm seriously thinking about going to London to learn more about the language, the culture, the people...well, everything. In fall in love for the Unitd Kingdom but i don't know if i can't stay out of Portugal for a long time, i always been dependent of my family and friends, and believe me, this is really hard for me to admit. I'm not a person who use to have a initiative spirit and i usually have no courage to do this kind of things that makes in prove the way i take care of myself and my capacity to survive in a place that i don't know and where anyone knows me...

   By the way, this trip would be perfect at the moment, everything would be easier to forget...It would be easier for me to move on and give my mind the peace she needs...but i don't even know if that's the best way out. I can't make a decision like that with my head trying to run away from problems and my heart full of irrational feelings...My head it's telling me that's the time and it's giving me the courage i need to leave everything backward and drive my life closer to the course i've designed for me, but my heart it's showing suddenly all the reasons to stay...that's a big problem for me...I would love to see my little mans and princesses growing up and launch with family all sundays but for the first time i have to do something for me, something to learn how to live depending just on me...

   While i stay thinking about it i have, at less, to practice english (that's not excellent :P).

   Stay nicely and good thoughts ; )

X Sinto-me: Confusa
X Música: Vanessa Hudgens - Drive

xx-Meus Links-